google-site-verification: google2da7a9e192ddf8cd.html Ministério Denis Roberto: Libertação Na Família

sábado, 16 de janeiro de 2010

Libertação Na Família



E, quando se aproximou dos discípulos, viu ao redor deles grande multidão e {alguns} escribas que disputavam com eles. E logo toda a multidão, vendo-o, ficou espantada, e, correndo para ele, o saudaram.E perguntou aos escribas: Que é que discutis com eles? E um da multidão, respondendo, disse: Mestre, trouxe-te o meu filho, que tem um espírito mudo; e este, onde quer que o apanha, despedaça-o, e ele espuma, e range os dentes, e vai-se secando; e eu disse aos teus discípulos que o expulsassem, e não puderam. E ele, respondendo-lhes, disse: Ó geração incrédula! Até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei ainda? Trazei-mo. E trouxeram-lho; e, quando ele o viu, logo o espírito o agitou com violência; e, caindo o endemoninhado por terra, revolvia-se, espumando. E perguntou ao pai dele: Quanto tempo há que lhe sucede isto? E ele disse-lhe: Desde a infância. E muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o destruir; mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos. E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer; tudo é possível ao que crê. E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade. E Jesus, vendo que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: sai dele e não entres mais nele. E ele, clamando e agitando-o com violência, saiu; e ficou o {menino} como morto, de tal maneira que muitos diziam que estava morto. Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou. E, quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram à parte: Por que o não pudemos nós expulsar?E disse-lhes: Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum. Marcos 9:14-29

Talvez você como muitas pessoas que existem hoje, estão a buscar pela libertação de um familiar , por isso vamos começar aprendendo sobre libertação na família com uma pessoa que teve um familiar liberto pelo Senhor Jesus. Se você colocar em prática os ensinamentos que serão ministrados nessa mensagem você verá a diferença. Vamos aprender hoje 5 lições e 3 armas quando o assunto é libertação de um ente querido.

Vs 17 Trouxe-te meu filho Que Tem Um espírito mudo Quem é o seu inimigo? O pai do rapaz reconheceu que aquele comportamento de seu filho era resultado da ação de um espírito maligno. A primeira coisa a ser feita, é reconhecer quem é o inimigo de sua família, que não é o marido, a esposa, o filho, o pai, a mãe mas é o diabo, é ele que age por trás de tudo.
Temos visto inúmeros casos de famílias destruídas e em todos eles percebemos claramente a atuação do mal por trás de tudo.

1ª Lição : Identifique o inimigo: pare de lutar contra pessoas e lute contra o que está por trás delas

Enquanto você lutar contra o seu familiar, nada acontecerá, mas quando você começar a lutar contra o mal que age nele aí você atingirá o coração do problema.


Vs 18 Disse a teus discípulos que o expulsassem mas não puderam O Erro procurar ajuda de quem nada pode fazer. O desespero daquele homem era tanto que o levou a procurar ajuda em vários lugares, com pessoas que aparentemente até seriam capacitadas para isso, mas no entanto não eram porque ali não estava o conhecimento do poder de DEUS. Vemos ali 2 tipos de pessoas que não poderiam ajudar:

Os Discípulos – Pessoas que até eram de DEUS mas não tinham experiência com aquilo - aqueles que são de DEUS mas não tem prática na libertação.

Os Escribas – Esses são piores ainda. São religiosos, que se acham de DEUS e te enchem de práticas e de rituais tais como velas, trabalhos, rezas etc..

2ª Lição: Nós de vemos procurar o lugar certo e o lugar certo é aonde está o Poder de DEUS e quem sabe usá-lo

É por isso que você talvez já bateu em tantas portas, procurou por diversos lugares e até hoje você não encontrou a saída para os seus problemas, porém hoje você veio ao lugar certo, aonde está o Senhor Jesus!

Vs 18 As Fases da atuação do mal assim como o mal se sucedeu de várias maneiras na vida daquele rapaz assim também ele age na vida das pessoas

1º Ele apanha – ele entra na vida da pessoa

2º Despedaça-o – coloca algum mal para destruir a pessoa

3º Espuma e range os dentes – humilha a pessoa

4º Vai secando – vai matando a pessoa

3ª Lição: Identifique o problema, em que fase ele está e aja o quanto antes

Não espere as coisas piorarem para você começar a agir. Comece hoje mesmo, tome a decisão de lutar com todas as suas forças pela sua família!

Vs 20 E quando ele O viu logo o espírito o agitou com violência o endemoniado ficou ainda mais violento na presença do Senhor Jesus, uma reação natural de pressão pois o mal sabia que havia perdido por isso faz uma ultima tentativa de intimidação.

4ª Lição: Não se desespere se no começo da luta as coisas tentarem piorar, são os últimos cartuchos do mal pois ele sabe que está derrotado

Às vezes as pessoas vão a campanha, oram, determinam e quando chegam em casa parece que a situação é pior. No entanto não é a situação que é pior, é na verdade o mal reagindo com suas ultimas forças querendo te amedrontar, por isso ele demonstra as vezes tanta força mas na verdade ele esta mesmo é derrotado, é só “pressão”.

Vs 23 Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê A quinta lição é também a primeira arma que o Senhor Jesus ensinou para que nós derrotássemos o mal é a fé. O pai do menino precisou manifestar a sua fé para que o Senhor Jesus entrasse em ação e nos nossos dias não é diferente.

5ª Lição: Se arme de Fé. Venha decidido para essa luta, não venha pensando que é mais uma luta. É tudo ou nada 8 ou 80 venha decidido a mudar tudo. Essa é a fé genuína!

Se você pensar que essa é só mais uma luta, então será só mais uma luta, mas o que você tem a fazer ao manifestar a sua fé é se revoltar contra esse problema e não aceita-lo mais na sua família, aí então a sua fé entrará em ação.

Nos versículos 25 ao 29 interrogado pelos seus discípulos, o Mestre ainda revela mais duas armas que precisam ser usadas nessa batalha e que são indispensáveis para que se obtenha a vitória:

A Oração: tem gente que vai a igreja mas não quer orar, quer somente assistir o culto como se assistisse uma peça de teatro ou fosse a um cinema. Você pode até ter fé mas sem a oração essa fé não pode se manifestar totalmente E como você pode dizer que confia que DEUS resolverá os seus problemas se você não os conta para Ele?

O Jejum: O jejum não pé uma prática muito fácil de se começar, porém quando se começa a praticar o Espírito Santo começa a moldar a pessoa. Ele nos ajuda a vencer a nós mesmos e esse é o único jeito de vencer a carne e fortalecer o espírito. Quer vencer a você mesmo? Jejue!

Resumindo:

A Oração da fé derrota o diabo

O Jejum derrota a carne, a si mesmo

Contra isso nenhum mal resiste

Agora que a fé foi gerada em seu coração, eu te convido para a oração da fé, aquela decidida
que não se cala mas que atinge o alvo. DEUS Abençoe!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário